PEDIDO DE DIVULGAÇÃO – Novos Contadores de eletricidade/ tarifa social.


Alteração dos contadores de eletricidade pelos novos contadores inteligentes
As instalações elétricas têm vindo a ser substituídas um pouco por todo o país. A distribuidora de eletricidade continuará a proceder à instalação dos novos contadores de luz, deixando para trás os contadores  antigos com uma única leitura (analógico).
As vantagens dos novos contadores
 
Os novos contadores inteligentes são digitais e apresentam um conjunto de vantagens em relação aqueles que sempre conhecemos:
Permitem o envio de leituras reais à distância, através do sistema de telecontagem, deixando de haver a preocupação de enviar as mesmas. No entanto, as leituras poderão ser enviadas pelos consumidores, sempre que assim desejarem. Poderá ser feito um maior acompanhamento dos consumos, já que é possível saber quanta energia é consumida diariamente nos diferentes períodos do dia, o que permite poupar na fatura da luz.
As alterações contratuais passam a ser mais práticas, pois operações tais como alterar a potência contratada, o tipo de tarifa elétrica ou até o ciclo horário, serão realizadas sem haver a necessidade de ser enviado um técnico da distribuidora de luz ao local. Os novos contadores inteligentes trarão consigo um sistema de telecomunicações e dados móveis que permitirão efetuar todas estas alterações ao contrato de luz.
Com se processa a alteração?
 
Chegará uma carta a todos os consumidores de eletricidade, com a indicação do dia e da hora que será feita a instalação do novo contador.  Será a própria EDP distribuição a levar a cabo esta mudança.
A alteração é obrigatória e gratuita. Poderão obter mais informações sobre os novos contadores através do número 808 100 100

 


Aplicação automática da Tarifa social de energia elétrica e gás natural
 
Os titulares dos contratos de eletricidade e/ou de gás natural, com menos rendimentos, já terão a seu favor a aplicação automática do apoio social na eletricidade de gás de modo automático.
A ERSE aprova o desconto das tarifas sociais de acesso às redes, as tarifas sociais de acesso às redes e as tarifas sociais de venda a clientes finais a aplicar pelos comercializadores de último recurso no ano 2019. Caberá à Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) que informará às companhias de energia de quem beneficiará da redução do preço do Kwh através do desconto de 33,8% na eletricidade e de 31,2% no gás natural.
Os requisitos para beneficiar deste apoio social na luz englobam o salário anual adquirido pelo agregado familiar e ainda as prestações sociais a que têm direito por parte da Segurança Social. A isto, juntar-se-à a obrigatoriedade do contrato ser destinado ao consumo doméstico, não apresentando uma potência contratada superior a 6.9 kwh nem um escalão de gás superior a 2. Os consumidores com uma potência superior ao mencionado, poderão solicitar a alteração da potência, de forma a ficar elegível.
Os consumidores que não verifiquem ter o desconto na fatura e souberem que têm direito, devem contactar com a companhia com a qual têm contrato de energia.
A aplicação automática dos descontos sociais na fatura abrange todas as companhias de luz a atuar em Portugal.
Ainda sobre um desconto sobre o da tarifa social sobre o gás de botija, alguns municípios já arrancaram com esta medida. No entanto, o esperado é que seja alargado a todo o país.

Governo criou um projeto-piloto onde convida as empresas de gás a aplicar a tarifa social no gás de botija.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *